Todo Amor Que Houver Nesta Vida Belo Horizonte-MG

Uma troca de amor!

Eu e o Rogério nos casamos em 2008 e não conseguimos engravidar naturalmente, foi quando pensamos na adoção, a nossa idade foi o que provavelmente dificultou a gravidez.

A decisão não foi fácil, pois o desejo de uma gravidez era muito grande para nós dois. No dia em que demos a entrada na Vara da Infância foi muito especial pois, era como se naquele momento havíamos enfim, engravidado.

Depois de toda a preparação de cursos entrevistas e tudo o mais restava-nos a espera...


Depois de um ano e meio, numa manhã recebi a ligação da psicóloga da Vara da Infância dizendo que havia um bebê na maternidade a espera dos pais, neste exato momento TUDO mudou. A correria para avisar as pessoas mais próximas, comprar as coisas para o bebê e deixar tudo pronto para que ele se sentisse o mais desejado possível.

Ao encontrá-lo na maternidade nossa emoção veio à tona, aquela criança pequena, prematura, e indefesa havia nos encontrado e nos encantado. É uma emoção tão grande que não tem como expressar em palavras. Numa das fotos que tiramos na maternidade, ele aparece sorrindo, como se dissesse: alguém me quis e vieram me buscar.

Aos poucos aprendemos a cuidar do João Paulo; ele é uma criança dócil e alegre e sempre muito cuidadoso conosco, desde que chegou dorme bem, acho que imaginou, estes dois “velhinhos” não vão dar conta de mim (rs), eu com 46 e o Rogério com 49 anos.

A cada dia ele conquista mais e mais o nosso coração e a nossa vida. O sentimento que há dentro de mim é de que Deus me formou para ser mãe e que esta criança veio preencher o vazio que existia em nós como família.

Hoje é impossível imaginar a nossa vida sem ele, ele é parte de nós. Muitas pessoas falam que nós estamos ajudando o João Paulo, mas na verdade nós é que somos mais ajudados. É uma troca de amor e aprendizado.

Se cada casal soubesse o presente que é ter uma criança dentro de casa, com certeza não haveria crianças em abrigos e os casais seriam mais felizes e realizados.


Simone de Carvalho Antunes


todo amor, todo amor que houver nesta vida, adoção, adote uma criança, gustavo dragunskis, adoção
todo amor, todo amor que houver nesta vida, adoção, adote uma criança, gustavo dragunskis, adoção
todo amor, todo amor que houver nesta vida, adoção, adote uma criança, gustavo dragunskis, adoção
todo amor, todo amor que houver nesta vida, adoção, adote uma criança, gustavo dragunskis, adoção